Assembleia Legislativa empossa novo servidor efetivo

Política

Assinatura de Posse de Rafael Aguiar – Economista.

Até 1º de julho, a Casa deve empossar os 21 aprovados restantes
A Assembleia Legislativa de Roraima concluiu nesta segunda-feira (29) a posse de 15 aprovados no concurso público de 2018, que haviam sido convocados no ano passado. Segundo o presidente da Casa, deputado Soldado Sampaio (PCdoB), os 21 restantes devem ser convocados e empossados até o dia 1º de julho.
O último empossado nesta fase foi o economista Rafael Aguiar. Natural de Rondônia, o novo servidor chegou pensou em desistir da ideia de se mudar para Roraima, mas o sonho de ser servidor efetivo falou mais alto. Ao assinar seu termo de posse, ele viu que valeu a pena ter mudado de ideia. “Alguns planos que eu tinha feito no passado eu tive que refazer, foi muita expectativa, em algum momento desisti de vir para cá, mas depois coloquei a mão na consciência e resolvi seguir esse sonho, e aqui estou”.
O economista já trabalhou por sete anos no Poder Executivo de seu estado natal, mas acredita que o Poder Legislativo tem uma atuação mais abrangente, e que seu trabalho vai impactar de maneira mais direta no desenvolvimento do Estado. “O plano da Assembleia Legislativa de Roraima é muito bom, optei por trabalhar aqui por essa perspectiva de melhora a longo prazo. Vim contribuir e espero ajudar o máximo o Estado de Roraima.”
Rafael foi o último empossado entre os 15 candidatos convocados no ano passado. Segundo o presidente da Casa, Soldado Sampaio, os outros 21 candidatos aprovados podem ficar tranquilos, pois uma comissão já trabalha na reestruturação administrativa da instituição, o que vai possibilitar que todos sejam empossados ainda neste semestre. “Cumprimos a nossa promessa de campanha, ao assumir a Mesa Diretora da Assembleia, e estamos efetivando a primeira etapa. No início de julho será dado posse aos demais”. 

O concurso realizado em 2018 ofertou 36 vagas para os cargos de Administrador, Analista de Sistemas, Assessor Técnico Legislativo, Contador, Enfermeiro, Jornalista, Psicólogo, Tradutor em Inglês, Assistente Legislativo e Taquígrafo.
Um dos candidatos aprovados não apresentou a documentação exigida no edital de convocação 001/2020, publicado no dia 19 de fevereiro do ano passado, o que implica em desistência.

Texto: Yana Lima
Foto: Tiago Orihuela
Supcom Alerr

Deixe um comentário