População ganha Espaço Cultural na Assembleia Legislativa.

Política

O Espaço Cultural Maria Luiza Vieira Campos homenageia a ex-deputada, e é destinado a eventos culturais, educativos, artísticos e científicos

O cidadão roraimense ganhou um novo centro cultural, dentro das dependências da Casa do Povo. O Espaço Maria Luiza Vieira Campos, em homenagem à ex-deputada da Assembleia Legislativa (ALE-RR), abriu as portas, nesta sexta-feira (13). O plenarinho Valério de Magalhães foi reinaugurado.

O Espaço Maria Luiza Vieira Campo está localizado no hall de entrada da Casa Legislativa e será destinado aos eventos culturais, educativos, artísticos e científicos. O local poderá ser palco de exposições e outras manifestações culturais.

A inauguração faz parte da programação alusiva aos 30 anos de instalação da Casa e da promulgação da Constituição Estadual. A cerimônia foi transmitida ao vivo pela TV Assembleia (canal 57.3), Rádio Assembleia FM (98.3) e redes sociais do Legislativo.

O presidente da ALE-RR, deputado Soldado Sampaio (PC do B) destacou a importância da construção do espaço cultural legislativo para a democratização do acesso à cultura. “Vamos eternizar a história e lutas de pessoas e lideranças que aqui passaram, em especial essas deputadas que tanto contribuíram para o progresso da Casa. Malu foi uma mulher de fibra e deixou seu legado. Agradeço aos 24 deputados pelo apoio e à Mesa Diretora por promover esse espaço. Nossa sociedade precisa de mais incentivos e acesso à cultura”, enfatizou.

Por meio de edital, a população em geral e a classe artística poderão ter acesso ao espaço. O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OABRR), Ednaldo Gomes Vidal e o Defensor Público-Geral, Stélio Dener de Souza Cruz, prestigiaram o evento.

HOMENAGEM

Maria Luiza, conhecida como Malu Campos, era amante das artes. Professora por formação, Malu era escritora, cantora e membro da Academia Roraimense de Letras, além de membro do Conselho de Cultura e foi uma das fundadoras do Sindicato dos Artesãos.

A filha mais velha da ex-deputada, Télcia Maria Campos, participou emocionada da cerimônia e relembrou do legado deixado pela parlamentar. “Minha mãe amava a política e trabalhou com muita dedicação e responsabilidade. Aprendi muito com ela e tenho muito orgulho de ser filha da mulher que deixou sua contribuição nessa Casa Legislativa”, disse.

Os deputados, Coronel Chagas (PRTB), o vice-presidente, Marcelo Cabral (sem partido); a 2ª Secretária, Aurelina Medeiros (Pode); o 4º Secretário, Gabriel Picanço (Republicanos); Lenir Rodrigues (Cidadania); Betânia Almeida (PV); Angela Águida Portella (PP); Catarina Guerra (SD); Tayla Peres (PRTB) estiverem presentes à solenidade.

Servidores brilharam nas apresentações culturais

Um show impecável. Foi assim que os servidores da Superintendência de Comunicação da ALE-RR mostraram seus talentos musicais. As jornalistas Gabriela Vital e Raynã Fernandes fizeram um dueto e apresentaram, junto à Orquestra de Câmara do Instituto Humaniartes, um repertório com músicas nacionais.

Enaltecendo os artistas roraimenses, as jornalistas cantaram Cidade do Campo, de Eliakim Rufino; Aquarela do Brasil, de Ari Barroso; e Maria Maria, de Milton Nascimento e Fernando Brant.

O jornalista Dennis Martins, conhecido como príncipe da toada em Roraima, junto à cantora Keila Souza e quatro bailarinos, interpretaram a música Matriarca em homenagem às mulheres e ao mês Agosto Dourado. Keila também cantou a música “A favorita”.

Poemas autorais foram recitados pela escritora Eliza Menezes, Rafa Black e Francisco Alves, encerrando a solenidade de inauguração do espaço.  

Texto: Kátia Bezerra

Fotos: Jader Souza

SupCom ALE-RR

Deixe um comentário